Bruno Vilhena

Psicólogo Clínico

Av. Guerra Junqueiro, N.º 2, 1º, 1000 - 167 Lisboa        Ψ        96 625 72 55        Ψ        mail@brunovilhena.com

Por vezes, deparamo-nos com situações difíceis ao longo da vida. Momentos em que procuramos um ombro amigo e o apoio de familiares e amigos. Seja por motivos pessoais, profissionais, familiares, decisões difíceis que temos de tomar ou outros, nestas alturas sentimo-nos vulneráveis ou até perdidos, sem saber o que fazer.


Apesar de todo o apoio, compreensão e ajuda que os nossos familiares e amigos nos possam prestar, por vezes, tal não é suficiente. Assim, os problemas vão-se perpetuando e, muitas vezes, até se agravam.


Procurar a ajuda de um psicólogo não é um sinal de fraqueza, mas de maturidade e sensatez.



O psicólogo clínico


O psicólogo clínico é um profissional que, baseando-se em técnicas e métodos rigorosos, irá explorar com o seu cliente as áreas onde se verificam as dificuldades e ajudá-lo a encontrar as soluções adequadas. Este processo de ajuda pretende não apenas o resolver de dificuldades mas também contribuir para o crescimento pessoal do sujeito.


O psicólogo clínico convida o seu cliente a conhecer-se melhor a si mesmo.


As sessões de psicologia desenvolvem-se de forma regular e, com base numa aliança terapêutica forte e coesa entre paciente e terapeuta, será possível caminhar no sentido da obtenção do bem-estar e do desenvolvimento.



Apoio Psicológico


No âmbito do apoio psicológico, o trabalho realizado conjuntamente pelo psicólogo e pelo cliente centra-se no problema ou dificuldade apresentados por este último. A duração do acompanhamento é variável consoante a severidade dos casos. O sucesso é alcançado quando o problema ou a dificuldade são ultrapassados ou quando os sintomas que afligiam o sujeito são reduzidos ou eliminados.



Psicoterapia


A psicoterapia é um método de terapia profundo que pretende não só incidir na resolução de conflitos, problemas ou na psicopatologia mas, principalmente, promover no sujeito um melhor conhecimento de si próprio. Deste modo, a psicoterapia promove o crescimento e desenvolvimento pessoal, estando indicada não só para sujeitos que se debatem com dificuldades mas também para qualquer pessoa.


O foco centra-se no “mundo interno” do sujeito e nos conflitos conscientes e inconscientes que moldam o seu carácter e a sua personalidade.


A psicoterapia vai mais para além da abordagem dos sintomas que possam existir, procurando as causas desses mesmos sintomas. Deste modo, as mudanças alcançadas serão eficazes e duradouras.



Algumas áreas de intervenção: